"I've never thought my opinions were more important than anyone else's... but they are as important." Bono (U2)

terça-feira, novembro 29, 2005

A não notícia

Dá que pensar. Se lhe disserem que ainda é impossível haver um projecto definitivo para o Mercado do Bolhão? Se calhar não acredita. Pois. As (não) notícias dos últimos dias têm sido frutuosas em especulações sobre o futuro do espaço. Resta perceber o porquê do surgimento destes textos, numa altura em que não há novidades, como deve haver quando se escreve uma notícia séria. Ora, para mim, este é mais um exemplo crasso dos problemas que o jornalismo atravessa hoje em dia. Senão, vejamos: os factos já todos nós sabemos. Rui Rio ganhou as eleições autárquicas com maioria absoluta, defendendo a requalificação do Mercado do Bolhão através de uma parceria pública-privada. Já sabíamos.
O projecto ainda não existe. Porquê? É simples: ainda vai ser lançado um concurso público internacional para escolher a empresa que desenvolverá o plano de intervenção no espaço. Ou seja, a não ser que o vencedor esteja escolhido à partida e, inclusivamente, já tenha o projecto no bolso, ainda é cedo para fazer futurologia.
Finalmente, a Associação de Comerciantes do Bolhão já deixou bem claro que não aceitará que alguns vendedores sejam «expulsos» do local. Quantas vezes é que isto já foi repetido???
Conclusão: Não percebo. Não percebo por que se continua a fazer notícia de notícias que já todos sabemos.

quarta-feira, novembro 23, 2005

Parabéns a quem?

Dia 1 de Dezembro há algo ou alguém que comemora o seu aniversário. Dizem que dá azar, mas as velas (muitas) serão apagadas dias antes, na presença de uma enorme, enorme plateia. Não na presença da família, não na presença de quem o fez e faz crescer e sobreviver no dia-a-dia. Apenas com quem o vê de longe e até, muitas vezes, de soslaio. Mas isso, agora, não interessa nada. O importante é que vai haver festa e os vestidos novos – bonitos ou feios, o gosto ditará –, podem ser mostrados... Isso é que interessa. É preciso dar valor à imagem e esquecer aqueles que são verdadeiramente importantes... Fica bem e está na moda!

sexta-feira, novembro 11, 2005

Adivinhem para quem é que ela se está a rir?

Tomates!!!


O local não é novo. Mas as histórias que podemos contar podem ser sempre diferentes. Muito diferentes! Uns ouvem piropos, bem merecidos, outros divertem-nos com sinais que nunca julgariam encontrar naquele lugar. Portanto, chegou a minha vez de falar dos supermercados!!!! E não há nada melhor do que um para perceber os estranhos seres que nos rodeiam....
Pois é, estava eu no sector das frutas e dos vegetais quando vi um pai de família de cesto verde na mão, preparado para tentar cumprir a lista de compras. Não estava sozinho. Levou o filho, que deveria ter uns 10 anos, e foi a sua salvação de não chegar a casa e levar com o rolo da massa. Parou exactamente no local onde eu estava. Olhou para a prateleira mas foi interrompido imediatamente: "Ó Pai isso não são tomates!!!". «The bell ring's»... Pois não! Eram diospiros...

quinta-feira, novembro 03, 2005

15 centímetros

Foi preciso alguma insistência, assim como ele gosta. Negou sempre o pedido, mas a paciência esgotou-se, ou não fosse eu uma «expert» em atazanar o juízo a alguém :). Por isso, demorou mas chegou. Tem um diâmetro de 15 centímetros, é lindo e brilha como os meus olhos. Obrigada....